2018-07-02

Formigas em casa


Há muito tempo que me apareceram formigas em casa, duma variedade mais pequena do que aquela a que eu estava acostumado e com gostos também diferentes. Esta última diferença consistia na nítida preferência pelo fiambre em detrimento do açúcar que me recordo de ser o favorito da espécie que eu referi.

É difícil livrarmo-nos das formigas numa casa, julgo que o único método disponível é a utilização de veneno potente nos carreiros mais frequentes, uma vez que costuma ser muito difícil localizar o formigueiro. Na nossa casa passámos a guardar o fiambre mais depressa numa caixa estanque e a coexistir pacificamente com as formigas que não apreciavam açúcar.


Ultimamente, por qualquer motivo que desconheço, estas pequenas formigas passaram-se a interessar também pelo açúcar, criando dificuldade em continuar a utilizar açucareiros com um espaço na tampa para poder ter a respectiva colher sempre disponível.

Fiz então um pequeno teste para verificar se a preferência pelo fiambre se verificava face ao açúcar. Coloquei uma quantidade pequena de paio e uma colher de açúcar de café sobre uma folha de papel e embora as formigas tenham demorado uma meia-hora a descobrir o pitéu principal, quando uma delas o descobriu comunicou a muitas outras a descoberta. Na imagem seguinte mostro o que se passou, usando uma moeda de 20 cêntimos para dar uma ideia da escala


Retirei o pedacinho de paio que claramente continua a ser o pitéu preferido por estas formigas mesmo depois de retirado

 Ao fim de 5 minutos houve finalmente uma formiga que se interessou pelo montinho de açúcar

e esta era a situação passados já 25 minutos depois de retirado o paio

Resumindo, o interesse das formigas da minha casa pelo açúcar é muito moderado mas existe.
Complicando o caminho de acesso ao açucareiro, colocando-o em cima do prato de vidro duma pequena balança electrónica de cozinha como se vê na foto,


deixaram de aparecer as poucas formigas que vagueavam dentro deste açucareiro.

Entretanto as formigas descobriram outro açucareiro fora da cozinha, onde não existia um suporte equivalente para proteger o recipiente. Lembrei-me que talvez colocando um pequeno disco que pode servir de base para copos e forrando a borda desse cilindro achatado com fita adesiva dos dois lados, talvez a barreira fosse suficiente para deter as formigas

Mostro a seguir o açucareiro e a base (uma faiança grega que trouxera de "souvenir")


o aspecto do conjunto



detalhe do bordo da base onde se vê o adesivo



Constatei a posteriori que a minha ideia inicial tinha os seus pontos fracos pois seria desagradável ter qua andar periodicamente a retirar do adesivo as  formigas que a ele teriam ficado agarradas.

Felizmente as formigas foram desencorajadas de tentar a travessia, talvez pelo cheiro. Na dúvida mostro também a fita adesiva de dupla face que julgo ter comprado no Aki, pois talvez o seu cheiro seja essencial ao sucesso:




Sem comentários: