2012-10-31

Cores dos faróis


Constato que a minha experiência com as cores dos faróis das entradas das barras está ligada à barra de entrada da ria do Arade, em que dois molhes protegem o porto de Portimão.

Na esmagadora maioria dos casos passeio no molhe de cerca de 800 metros baseado na Praia da Rocha, cujo farol está pintado com riscas vermelhas e brancas e com uma luz vermelha a piscar à noite, vendo ao longe o farol do molhe de Ferragudo, de cor verde, conforme se vê na imagem que segue.




Para quem está a sair da barra o farol vermelho está do lado direito e o farol verde está do lado esquerdo. É esta a imagem mental que me guia, sempre que quero saber a cor dos faróis ou das bóias de canais que vão dar ao mar.

Nos barcos deve existir uma luz vermelha no bombordo e uma luz verde no estibordo. Bombordo é o bordo do lado esquerdo da embarcação quando se olha para a proa e uma boa forma de lembrar a convenção é pensar que era o nome do bordo do lado onde estava a terra, quando os navegantes portugueses rumavam em direcção ao sul explorando a costa aficana. Esta origem da designação "bombordo" tem pouca solidez mas é uma boa mnemónica.

Quando os barcos estão a entrar num canal ou porto as luzes da embarcação estão em concordância com as luzes dos faróis da barra/bóias do canal (vermelho com vermelho, verde do mesmo lado do verde) enquanto quando estão a sair estão em oposição (verde com vermelho e vermelho com verde).

Tirei a foto seguinte ao farol de Ferragudo porque achei engraçado que se tivessem lembrado de assinalar a entrada do recinto do farol com luzes colocadas como se esta entrada do portão fosse uma entrada duma barra.


Sem comentários: